Imunoterapia

medica segurando seringa

Imunoterapia como Tratamento do Câncer

A imunoterapia é um tipo de tratamento que ajuda o sistema imunológico a lutar contra o câncer, fazendo com que o corpo combata infecções e outras doenças. É um tipo de terapia que utiliza substâncias feitas de organismos vivos para tratar o câncer.

Tipos de Imunoterapia

Uma razão pela qual as células cancerígenas prosperam é porque elas são capazes de se esconder do seu sistema imunológico. Porém certas imunoterapias podem marcar as células cancerígenas, tornando mais fácil para o sistema imunológico encontrá-las e destruí-las.

Vários tipos de imunoterapia são usados para ajudar o sistema imunológico a atacar o câncer diretamente ou estimular esse sistema de uma maneira mais ampla. Os tipos que melhoram a resposta imune do corpo para combater a doença incluem Citocinas, que são proteínas produzidas pelas células do seu corpo. Elas desempenham papel importante nas respostas do corpo e também na capacidade do sistema imunológico de responder ao câncer.

Quais são os tipos de Imunoterapia?

Os tipos de imunoterapia que ajudam o sistema imunológico a agir diretamente contra o câncer incluem:

Terapia Celular Adotiva

Tratamento que visa aumentar a capacidade natural de suas células T de combater o câncer. Neste tratamento, as células T são retiradas do seu tumor. Em seguida, os que são mais ativos contra o câncer são cultivados em grandes lotes no laboratório.

Anticorpos monoclonais

Também conhecidos como anticorpos terapêuticos, são proteínas do sistema imunológico produzidas em laboratório. Esses anticorpos são projetados para se fixarem em alvos específicos encontrados nas células cancerígenas.

Vacinas

Funcionam aumentando a resposta do sistema imunológico às células cancerígenas. Os tipos de imunoterapia que melhoram a resposta imune para combater o câncer incluem Citocinas, que são proteínas produzidas pelas células do corpo. Elas desempenham um papel importante nas respostas do corpo e também na capacidade do sistema imunológico de combater o câncer.

Quais são os Efeitos Colaterais da Imunoterapia?

Ela pode afetar as pessoas de maneiras diferentes. Os efeitos colaterais que você pode ter e como eles fazem você se sentir dependerão de como você está saudável antes do tratamento, do seu tipo de câncer, da sua evolução, do tipo de terapia que você está recebendo e da dose.
Alguns efeitos colaterais são mais comuns nos pacientes durante ou após esse tratamento. Esses efeitos colaterais incluem:

  • Dor
  • Inchaço
  • Vermelhidão
  • Coceira
  • Erupção cutânea

Ou o paciente pode ter sintomas semelhantes aos da gripe, que incluem:

  • Febre
  • Arrepios
  • Fraqueza
  • Tontura
  • Náusea ou vômito
  • Dores musculares ou articulares
  • Fadiga
  • Dor de cabeça
  • Problemas respiratórios
  • Pressão arterial baixa ou alta

Outros efeitos colaterais podem incluir:

  • Inchaço e ganho de peso com a retenção de líquidos
  • Palpitações cardíacas
  • Congestão sinusal (nariz entupido)
  • Diarréia

Como é feito o tratamento com Imunoterapia?

Diferentes formas de imunoterapia podem ser administradas. Essas incluem:

  • Intravenosa: A imunoterapia entra diretamente na veia.
  • Oral: A imunoterapia vem em comprimidos ou cápsulas que você engole.
  • Tópicos: A imunoterapia vem em um creme que você esfrega na pele. Este tipo de imunoterapia pode ser usado para câncer de pele muito precoce.
  • Intravesical: A imunoterapia vai diretamente para a bexiga.

Frequência do tratamento

A frequência e o tempo que se recebe a imunoterapia depende de:

  • Seu tipo de câncer e quão avançado ele é.
  • O tipo de imunoterapia que você recebe.
  • Como seu corpo reage ao tratamento.
  • Como você vai receber o tratamento, se em dias, semanas ou meses.

Algumas imunoterapias são dadas em ciclos. Um ciclo é um período de tratamento seguido por um período de descanso. O período de descanso dá ao seu corpo a chance de se recuperar, responder à imunoterapia e construir novas células saudáveis.

Como saber se a imunoterapia está funcionando?

Você verá seu médico frequentemente. Ele fará testes físicos e perguntará como você se sente. Você terá exames médicos, como exames de sangue e outros. Esses testes medirão o tamanho do seu tumor e procurarão alterações no seu trabalho de sangue.

Em resumo, a imunoterapia, também chamada de terapia biológica, é um tipo de tratamento contra o câncer que aumenta as defesas naturais do corpo para combater o câncer. Utiliza substâncias produzidas pelo organismo ou em laboratório para melhorar ou restaurar a função do sistema imunológico.

A imunoterapia pode funcionar:

  • Parando ou retardando o crescimento de células cancerígenas
  • Impedindo que o câncer se espalhe para outras partes do corpo
  • Ajudando o sistema imunológico a funcionar melhor na destruição de células cancerígenas

Seu médico falou com você sobre a opção de imunoterapia? O oncologista é o médico responsável em definir qual é o melhor tratamento para cada caso, e escolher individualmente cada solução. Tem um médico de confiança é imprescindível para o sucesso do tratamento, por isso sempre procure saber sobre sua formação e reputação médica.

Fale Conosco
Enviar via WhatsApp
Rolar para cima